O PAPEL DA ALIMENTAÇÃO E SUPLEMENTAÇÃO NA DIMINUIÇÃO DOS SINTOMAS DO LIPEDEMA

O lipedema é uma condição hereditária, crônica e progressiva, sendo predominante em mulheres, que se caracteriza pelo acúmulo anormal de gordura no tecido subcutâneo, principalmente em membros inferiores, que pode afetar também os braços. O lipedema não tem cura ou tratamento definitivo, mas existem estratégias que servem especialmente para aliviar os sintomas. Essas medidas podem […]

O lipedema é uma condição hereditária, crônica e progressiva, sendo predominante em mulheres, que se caracteriza pelo acúmulo anormal de gordura no tecido subcutâneo, principalmente em membros inferiores, que pode afetar também os braços.

O lipedema não tem cura ou tratamento definitivo, mas existem estratégias que servem especialmente para aliviar os sintomas. Essas medidas podem ser feitas por meio da alimentação, suplementação anti-inflamatória e antioxidante, gerenciamento do estresse, drenagem linfática manual, uso de meias compressivas e também exercícios físicos.

QUAIS ALIMENTOS DEVEM SER EVITADOS POR QUEM TEM LIPEDEMA?

Alimentação rica em carboidratos e açúcar, além do consumo de bebidas alcoólicas agravam o quadro de lipedema. E entre esses alimentos, o chocolate pode ser um vilão disfarçado. O consumo excessivo pode trazer diversos problemas e comprometer o bem-estar geral, intensificando os desafios da doença.

O doce, especialmente o chocolate, nas versões ao leite e branco, é rico em açúcar e contribui para a inflamação sistêmica, um fator que agrava os sintomas do lipedema, como dor, inchaço e rigidez. Vale complementar que o chocolate, especialmente o ao leite, contém bastante sódio, e esse componente pode levar à retenção de líquidos, intensificando o inchaço e a sensação de pernas pesadas, sintomas comuns do lipedema.

O chocolate é proibido para quem tem lipedema?

Não necessariamente. O consumo moderado de chocolate amargo (com pelo menos 70% de cacau) pode até trazer alguns benefícios, afinal, o cacau é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres e protegem as células. Além disso, o chocolate amargo pode estimular a produção de serotonina, um neurotransmissor relacionado ao bem-estar.

O consumo excessivo de chocolate, principalmente por estarmos nos aproximando da Páscoa, é fator de risco para quem tem lipedema, por aumentar o risco de sobrepeso, obesidade e outras doenças crônicas, como a diabetes.

Mas lembre-se: a moderação é essencial. Consuma pequenas porções e escolha o chocolate certo com alto teor de cacau (70% ou mais) e baixo teor de açúcar.

Os exercícios também são uma ótima opção para minimizar os sintomas dessa condição desafiadora, podendo diminuir inchaço, dor e sensação de peso nas pernas e melhora da mobilidade, com foco em melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem com esse quadro, pois promove a circulação sanguínea e linfática, tornando mais fácil realizar atividades diárias.

Substâncias que auxiliam na melhora dos sintomas do lipedema

CRISTINA

A Crisina é um flavonoide presente na Passiflora caerulea e por sua ação antiandrogênica, reduz o tecido adiposo no local da sua ação, melhora o processo inflamatório, potencializa o retorno venoso, diminuindo o lipedema, e melhora o aspecto geral da pele.

RESVERATOL

O Resveratrol é um polifenol derivado de algumas plantas e frutos, como as uvas roxas e atua como um potente antioxidante e anti-inflamatório e tem ação na melhora da circulação sanguínea, o que pode contribuir para o alívio da dor e inchaço.

CURCUMINA

A Curcumina tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, o que pode ser relevante para condições como o lipedema, onde a inflamação e o acúmulo de gordura são características dessa condição. A curcumina atuará como uma poderosa arma contra a inflamação, redução do edema e melhora da dor.

RUTINA + BENZOPIRONA

A Benzopirona tem por mecanismo de ação a diminuição da pressão osmótica nos capilares, promovendo, assim, a passagem da água, com isso há a redução do edema e da inflamação local, e também age minimizando a formação de fibrose.

A Rutina é um flavonoide com alto poder antioxidante, anti-inflamatório e antiedematoso. Esse composto, portanto, aumenta o fluxo vascular e linfático, diminui a permeabilidade capilar e a quantidade de fluido formado no tecido subcutâneo. Além do mais, ele também favorece o processo de drenagem linfática e restabelecendo, assim, a microcirculação no tecido adiposo.

VITAMINA C

A Vitamina C atua como um cofator para duas enzimas que são essenciais na biossíntese do colágeno: lisil-hidroxilase e prolil-hidroxilase. Essa vitamina contribui com a produção dos fibroblastos dérmicos e a síntese do colágeno I e III na pele, melhorando a flacidez; inibindo a produção de melanina, o que reduz as hiperpigmentações; e tem ação antioxidante, neutralizando os efeitos dos radicais livres gerados no tecido recém-oxigenado.

Atua como antioxidante, contribuindo para a redução da inflamação e o aprimoramento da circulação sanguínea. Fontes naturais dessa vitamina incluem frutas cítricas, como laranjas e limões. Visto que a inflamação desempenha um papel significativo no desenvolvimento do lipedema, a Vitamina C, por sua vez, atua como um poderoso agente anti-inflamatório, auxiliando na redução da inflamação nos tecidos adiposos.

TEACRINA

A Teacrina é um alcaloide, encontrado no Cupuaçu e possui efeitos anti-inflamatórios e analgésicos. Por ter ação semelhante à cafeína, ela pode aumentar o metabolismo, promover a queima de gordura e melhorar a disposição física e mental. Além disso, a Teacrina também pode auxiliar na diminuição da sensação de fadiga e melhorar o desempenho durante a prática de exercícios físicos.

INOSITOL + L-TAURINA

São substâncias potentes aliadas para acelerar o metabolismo diminuindo a gordura corporal, ocasionando a perda de peso. A L-Taurina é um aminoácido livre abundante no meio intracelular que no fígado sofre conjugação formando os sais biliares, atuando diretamente na excreção de colesterol e no metabolismo de lipídios.

O Inositol é um isômero da glicose, amplamente distribuído na dieta humana e dentre suas funções destaca-se a participação no metabolismo e transporte lipídico, utilizado assim como adjuvante no tratamento de hipercolesterolemia.

COENZIMA Q10

A Coenzima Q10 é um antioxidante lipossolúvel que o corpo produz naturalmente e está presente em todas as células fazendo a sua proteção e neutralizando os radicais livres, reduzindo o estresse  oxidativo. Essa substância participa da produção de colágeno, o que auxilia na melhora da firmeza e elasticidade e ajuda na oxigenação das células.

Gostou de todas essas informações? Não esqueça que o lipedema deve ser tratado por profissionais capacitados para essa assistência e, principalmente, somando cuidados adequados e estratégias individualizadas de tratamento com atenção interdisciplinar.

Se você deseja se cuidar e ter mais saúde com o auxílio de substâncias de alta qualidade, aproveite para conhecer os produtos e as soluções da Health Tech clicando aqui

 

Escrito por:                                                                                                                                                                                                                            Revisado por:
Dra. Verônica Coelho                                                                                                                                                                                                        Dra. Gabriela Rodrigues
Farmacêutica Magistral                                                                                                                                                                                                  Farmacêutica Bioquímica

   


Artigos Relacionados

DEFINIÇÃO CORPORAL

Veja como uma alimentação saudável, exercícios físicos em conjunto com procedimentos estéticos podem te ajudar a conquistar a definição corporal que você deseja. A definição corporal pode ser [...]

Pesquise abaixo e pressione a tecla enter